Irritado com polêmica, técnico do Vitória explica veto a Uelliton


Postado por: Bruno Chastinet
Depois das atividades que comandou durante a tarde desta quarta-feira, 26, na Toca do Leão, o técnico Paulo César Carpegiani antecipou a entrevista que era esperada para sexta-feira, 28, e teve uma longa conversa com os jornalistas.

Depois de um rodízio de perguntas a respeito do seu time e do torneio nacional, o treinador, visivelmente irritado com a repercussão da imprensa em torno da sua relação com Uelliton, falou sobre por que decidira por tirar o volante do jogo de sábado, 29, contra o Avaí, na Ressacada.
"Sinceramente, não tenho muito o que dizer sobre o Uelliton. Não sei por que sai esse tipo de notícia. Vi num jornal da tevê a noticia sendo dada de uma maneira, mas no meio da notícia o porquê de ele ter ficado de fora foi negado na estrevista. Acho que, quando trabalhamos com seriedade e profissionalismo, não devemos omitir este tipo de informação. Não tenho dificuldade nenhuma com Uelliton. Ele é tratado aqui como todo e qualquer jogador. Ele ficou parado três jogos e nós fizemos sete pontos em nove. Não é a ausência ou a presença do Uelliton que vai fazer com que o Vitória ganhe. Ele faz parte de um todo. Assim é o tratamento do Uelliton. Ele não está sendo usado porque sofreu uma lesão. Ele ficou 16 dias parados. Na sexta-feira, chegou e deu umas voltas. Na segunda-feira, fez um trabalho físico mais puxado pela primeira vez. Na terça-feira, fez um treinamento físico com bola pela primeira vez. Perguntei como é que ele está. 'Tô bem e estou apto para jogar', ele me disse. Não pode ter dois discursos. Duas-caras não existe. É um discurso só. Ele está 100% curado. Num regime profissional, está há 16 dias parados.  Fez um trabalhinho físico com bola. Ele está apto para jogar uma partida? É óbvio que não. Ele já está curado, mas não tem condições de jogar. Por que ele tem que explicar pra vocês por que não está jogando? Na medida que ele estiver 100%, ele vai jogar comigo. Se Uelliton está fora, vocês têm que informar que ele está há 16 dias parado", disparou o treinador.
Carpegiani revelou ainda que vetou o "Vovô" momentos antes da partida contra o Boa Esporte, no dia 11 de setembro, ancorado na projeção de que o atleta poderia vir a sofrer um agravamento ainda maior da lesão.
"Quando ele sentiu diante do Boa, chegou a ir para concentração. E eu tive a felicidade de dizer que ele estava fora. Se ele tivesse jogado naquele momento, é bom que vocês escrevam isso, poderia ter uma lesão de um mês, dois meses", disse.
Antes de a polêmica do caso Uelliton ter sido o assunto na sala de imprensa, o treinador havia revelado que, para o jogo contra o time catarinense, está em dúvida apenas sobre quem será o titular na ala direita: Carlinhos ou Gabriel Paulista.
"Essa é a única dúvida. Gosto de decidir com os meus jogadores. Na medida em que eu penso em Gabriel, não tenho aquele apoio qualificado, como o do Gilson do outro lado. Então, tenho que contrabalancear isso".
Fonte: A Tarde


0 comentários:

PRA VC VIAJAR TRANQUILO

Postagens populares

SE PREPARE PARA ESPANTAR A CRISE

Quem somos

Minha foto
Este blog foi feito com muita dedicação para você torcedor apaixonado pelo Vitória. Aqui você vai poder curtir noticias,curiosidades,videos e ainda interagir sobre assuntos relevantes para o crescimento do nosso glorioso clube. façam parte da nossa turma, sejam bem vindos, pois nós todos somos "VITÒRIA MANIACOS"