Muitas dispensas e poucas contratações: Vitória começa 2013 com elenco enxuto


Postado por: Bruno Chastinet
Do time que conquistou o acesso para a Série A em 2012, restou apenas a lembrança. Com várias mudanças e novas apostas, o Vitória que inicia o ano de 2013 é bem diferente da equipe que encerrou a última temporada. Contratações em menor número que dispensas e carências no elenco criaram um novo Rubro-Negro, que, mesmo enfraquecido, tenta correr contra o tempo para chegar com um grupo reforçado para a disputa da Copa do Nordeste, que começa já no dia 20 deste mês.


Um dos maiores obstáculos existentes na Toca do Leão é a formação de um elenco competitivo. Dos 11 titulares que entraram em campo para enfrentar o Ceará na última rodada da Série B, seis jogadores permaneceram no Vitória. A espinha dorsal do time rubro-negro que disputou a Segunda Divisão do ano passado foi comprometida com a saída de nomes importantes, como Victor Ramos, Gilson, Pedro Ken, Elton e William. Atualmente, 23 jogadores compõem o grupo comandado por Caio Júnior, mas apenas 18 estão à disposição para o início da temporada.

Alguns atletas do elenco do Vitória sequer possuem uma data estipulada para entrar em campo, caso de Willie, que recentemente passou por uma cirurgia cardíaca e deve ficar pelo menos 30 dias longe dos gramados. Outros estão com a Seleção Brasileira Sub-20 e só devem voltar ao time baiano após a disputa do Sul-Americano da categoria, que levará todo o mês de janeiro.
Na primeira entrevista concedida em 2013, o diretor de futebol do Vitória, Raimundo Queiroz, manifestou a preocupação com o baixo número de jogadores do elenco. O dirigente reconheceu que é preciso realizar várias contratações e reforçar setores para que o Rubro-Negro tenha condição de lutar por títulos no primeiro semestre de 2013.
- Temos preocupação com várias posições. Hoje temos um grupo bastante reduzido, com cerca de 20 atletas a disposição. Precisamos de um grupo maior e reforços em várias posições. Mas estamos trabalhando para isso - afirmou Queiroz.
O cartola também destacou que é preciso paciência para contratar peças que realmente ajudem o Vitória no decorrer da temporada. Para o dirigente, a concorrência é muito grande e o Rubro-Negro precisa ter jogo de cintura para extrair boas negociações no mercado da bola.
- O interesse nós temos por muitos atletas. A questão é poder contratar e dar certo. O mercado é muito especulado por mais de 40 clubes na Série A e na Série B, e precisamos ter muito critério – declarou.
Desde o término da Série B, em novembro do ano passado, o Vitória contratou apenas dois jogadores. Em pouco mais de um mês, Lúcio Maranhão e William Henrique foram os únicos a desembarcar na Toca do Leão, além de Deola, que teve o contrato por empréstimo renovado por um ano.
Raio X do Vitória
Goleiros: Com a renovação do contrato de Deola, que foi cedido por mais um ano pelo Palmeiras, o Vitória fechou a procura por jogadores da posição. O Rubro-Negro conta atualmente com três goleiros, todos com experiência no time titular. Além de Deola, o técnico Caio Júnior tem à disposição Douglas e Gustavo, que está na Seleção Brasileira Sub-20 para a disputa do Sul-Americano da categoria.
Laterais: As laterais são motivos para fortes dores de cabeça para a direção rubro-negra. Nino Paraíba, titular na direita, se reapresentou com dores no púbis e virou dúvida para a estreia do time na Copa do Nordeste. Léo, reserva imediato, acusou uma tendinite, mas treina normalmente. Por precaução, Dimas, que seria emprestado ao Botafogo-BA, se apresentou na Toca do Leão e participa da pré-temporada.
Já na esquerda, apenas dois jogadores surgem como opção. O primeiro é Mansur, que está com a Seleção Brasileira Sub-20. Iuri, que também seria emprestado ao Botafogo-BA, é o outro lateral do elenco.
Zagueiros: A zaga é uma das emergências no Vitória. O técnico Caio Júnior tem apenas dois defensores no elenco. Gabriel Paulista e Reniê, formados nas categorias de base do Rubro-Negro, são os únicos jogadores da posição que o elenco baiano possui.
Recentemente, o Vitória tentou contratar Gustavo e Rodrigo Defendi para reforçar o setor. No entanto, as negociações complicaram e o clube praticamente voltou à estaca zero na procura por zagueiros.
Volantes: Um dos setores que mais conta com jogadores no elenco rubro-negro. Caio Júnior tem no total cinco opções para a posição. Titular no ano passado, Michel permaneceu na Toca do Leão e pode ficar com a faixa de capitão em 2013. Destaque do time campeão da Copa do Brasil Sub-20, Gabriel Soares é uma das apostas do Vitória para surpreender na temporada. O elenco conta ainda com Neto Coruja, Mineiro e Rodrigo Mancha.
Meias: O setor criativo do meio de campo é outro que requer atenção especial da direção rubro-negra. Apenas Arhtur maia e Leílson começaram o ano como candidatos à camisa 10. Até o momento, os cartolas não acenaram com a contratação de um meia para reforçar o time treinado por Caio Júnior. Pedro Ken, que era pretendido no final do ano passado, ficou distante e está praticamente descartado para as competições deste ano.
Atacantes: O Vitória se focou no ataque durante as férias. Desde o término da Série B, dois jogadores foram anunciados, ambos atacantes. Lúcio Maranhão, autor de 40 gols na última temporada, e William Henrique, ex-Grêmio Barueri, foram as apostas do Rubro-Negro, que no ano passado teve Neto Baiano, Elton e William artilheiros.
Caio Júnior tem ainda à disposição Alan Henrique, Dine e Marquinhos. Willie passou por uma cirurgia cardíaca, deve realizar exames na próxima semana e está fora do time pelo menos até fevereiro.
Fonte: Globoesporte.com





0 comentários:

PRA VC VIAJAR TRANQUILO

Postagens populares

SE PREPARE PARA ESPANTAR A CRISE

Quem somos

Minha foto
Este blog foi feito com muita dedicação para você torcedor apaixonado pelo Vitória. Aqui você vai poder curtir noticias,curiosidades,videos e ainda interagir sobre assuntos relevantes para o crescimento do nosso glorioso clube. façam parte da nossa turma, sejam bem vindos, pois nós todos somos "VITÒRIA MANIACOS"