Lucas Zen é oficialmente apresentado no Vitória

Às vezes, é preciso mesmo se apegar a algo familiar até se acostumar ao novo lar. E é assim que o volante Lucas Zen passou os dois últimos dias na Toca do Leão. Contratado recentemente por empréstimo de uma temporada junto ao Botafogo, o jogador desembarcou no centro de treinamento rubro-negro na segunda-feira e, aos poucos, tenta se ajustar ao novo ambiente. Para agilizar o processo de adaptação, o reforço do clube baiano se inspira em um fator que Vitória e Botafogo possuem em comum: um grupo forte e unido, capaz de absorver novas peças de braços abertos.
Nesta terça-feira, Zen, que tem 22 anos, foi apresentado na Toca do Leão. Pela primeira vez, o volante vestiu a camisa rubro-negra e falou como jogador do Vitória. Em cada frase, a necessidade de reforçar a confiança no grupo do time baiano. Hábito que o recém-contratado parece ter trazido do Rio de Janeiro e que deve ser mantido em Salvador.
- Eu cheguei ontem [segunda-feira] e não conhecia ninguém. A recepção foi muito boa. O pessoal foi bem receptivo. A gente fica um pouco tímido, mas o pessoal já está puxando conversa. Isso é bom. Todos falaram que é um grupo unido. Acho que não vamos ter problema. Eu gosto de estar em um grupo unido – disse o jovem jogador.
Lucas Zen já trabalhou com o técnico Ney Franco. Na época em que treinava a Seleção Brasileira Sub-20, o treinador convocou o jovem volante. No entanto, o histórico com o técnico não foi o único fator que contribuiu para o acerto entre Zen e o Vitória. O jogador conta que a avaliação do elenco e da comissão técnica teve peso decisivo no acordo, costurado no fim do ano passado.
- Pesou bastante pelo grupo e pela comissão técnica, que tem feito bons trabalhos pelos clubes onde passa. Eu vi no Vitória um grupo forte, capaz de fazer um bom ano de 2014. Isso pesou na minha decisão. Quero trabalhar muito para dar meu máximo aqui. Vim para somar – afirmou
ORIGEM DO APELIDO

O nome de batismo é Lucas de Lacerda Lima Gonçalves. No entanto, Lucas ficou famoso com o apelido ‘Zen’, que o acompanha desde as divisões de base do Botafogo. O volante conta que o sobrenome extraoficial foi adquirido quando ainda era uma criança correndo atrás do sonho de ser um jogador profissional.
- Quando cheguei no Botafogo, novinho, passei mais o primeiro mês 'na minha'. Não conversava muito. Foi o preparador físico do clube me chamou de ‘Zen’. Disse que eu era muito calmo. O apelido pegou no mirim e chegou até o profissional – conta.
A calma na fala e nos gestos justifica o apelido do reforço rubro-negro. Sem nervosismo, o volante diz que não costuma se exaltar. A pressão só aumenta mesmo dentro de campo, quando a vontade de mostrar serviço supera a paciência quase oriental.
- Sou tranquilo fora de campo. Sou uma pessoa tranquila. Dentro de campo procuro correr, mostrar vontade de ganhar – concluiu.

0 comentários:

PRA VC VIAJAR TRANQUILO

Postagens populares

SE PREPARE PARA ESPANTAR A CRISE

Quem somos

Minha foto
Este blog foi feito com muita dedicação para você torcedor apaixonado pelo Vitória. Aqui você vai poder curtir noticias,curiosidades,videos e ainda interagir sobre assuntos relevantes para o crescimento do nosso glorioso clube. façam parte da nossa turma, sejam bem vindos, pois nós todos somos "VITÒRIA MANIACOS"