Com gols anulados, Vitória empata com a Ponte Preta no Barradão

O Vitória teve a maior posse de bola, mas não adiantou. Em duelo disputado neste domingo (26), no Barradão, o time Rubro-negro ficou no empate em 1 a 1 com a Ponte Preta. O prejuízo poderia ser maior, já que o Leão teve um pênalti defendido por Fernando Miguel na segunda etapa. O time comandado pelo técnico Vagner Mancini ainda teve um gol anulado aos 48 minutos do segundo tempo pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro.

O time Rubro-negro volta a campo para pegar o Sport, na próxima quarta-feira (29), às 19h30, no Barradão, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.
O JOGO
O técnico Vagner Mancini recebeu uma notícia ruim horas antes do jogo contra a Ponte Preta. O atacante Marinho foi vetado pelo departamento médico após ser diagnosticado com uma fratura no nariz, sofrida durante o treino do último sábado (25). Com isso, Gabriel foi o substituto.

O Vitória começou o duelo trocando passes no campo de defesa e tinha dificuldades na saída de bola.
Aos oito, Tiago Real cobrou escanteio aberto. Euller recebeu e cruzou, Kieza completou de cabeça, mas a bola foi para a linha de fundo.

Ponte Preta abre o placar
Quem saiu na frente do marcador foi a Ponte Preta. Aos oito, Pottker foi lançado, invadiu a área e bateu para o gol.

Aos 15, Pottker quase fez o segundo. Clayson fez boa jogada pela linha de fundo, se livrou da marcação de Ramon e Pottker cabeceou para a defesa de Fernando Miguel.

Vitória empata
No prejuízo, o Vitória partiu para cima da Ponte, mas continuava encontrando dificuldades para chegar com efetividade ao ataque. 
Aos 20, Gabriel avançou pela direita e cruzou. Kieza desviou a bola e João Carlos se esticou para defender.
No entanto, aos 21, o Leão conseguiu o empate. Diego Renan cobrou falta da intermediária e de coxa, Kieza mandou o fundo da rede e saiu para comemorar o seu sexto gol no Campeonato Brasileiro.

Depois do empate, o Vitória manteve a posse bola, mas não conseguiu traduzir o domínio em chances criadas e o primeiro tempo terminou em 1 a 1.


Segundo tempo

Gabriel sentiu cansaço e o técnico Vagner Mancini escalou Leandro Domingues no intervalo com o objetivo de aumentar a criação de jogadas.

Fernando Miguel defende o pênalti
Uma das especialidades do goleiro Fernando Miguel é pegar pênalti. E neste domingo, ele manteve a fama. O juiz assinalou a penalidade aos seis minutos. Pottker finalizou, mas Kanu abriu os braços e tocou na bola. Felipe Azevedo cobrou, mas o camisa 1 do Leão caiu no mesmo lado e impediu o segundo gol da Ponte Preta.

Dos 12 pênaltis cobrados contra Fernando Miguel no Vitória, ele defendeu oito.
Após defender o pênalti, o camisa 1 sentiu a panturrilha esquerda e precisou ser substituído por Caíque. O arqueiro saiu de campo aplaudido pela torcida.

Dagoberto desperdiça boa chance
Aos 24, Dagoberto desperdiçou uma boa oportunidade de colocar o Vitória na frente do placar. O atacante invadiu a área, passou pelo marcador e bateu para o gol, mas a bola passou raspando a trave e saiu pela linha de fundo.

Vitória fica no quase
Aos 40, após bola na área, João Carlos espalmou, Ramon bateu de primeira e mandou no travessão. Marcelo ficou com a sobra, mas mandou para fora.

Gol anulado
O atacante Dagoberto recebeu de Kieza e mandou para o fundo das redes. Porém, Ricardo Marques Ribeiro alegou que o jogador levou com o braço e anulou o gol, que foi legal segundo as imagens da TV.
FICHA TÉCNICA
Vitória x Ponte Preta
Campeonato Brasileiro – 11ª rodada
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 26 de junho de 2016, domingo
Horário: 16h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE)
Cartões amarelos: Kanu  e Diego Renan (Vitória); Felipe Azevedo, Matheus Jesus (Ponte Preta)
Gols: Pottker (Ponte Preta); Kieza (Vitória)

Vitória: Fernando Miguel (Caíque) Diego Renan, Ramon, Kanu e Euller; Amaral (Marcelo), Willian Farias e Tiago Real; Gabriel (Leandro Domingues), Kieza e Dagoberto. Técnico: Vagner Mancini
Ponte Preta: João Carlos; Jeferson, Fábio Ferreira, Kadu e Reinaldo;João Vitor, Renê Júnior (Felipe Meneses), Matheus Jesus e Clayson (Nino Paraíba); Felipe Azevedo (Tiago Galhardo) e William Pottker. Técnico: Eduardo Baptista

0 comentários:

PRA VC VIAJAR TRANQUILO

Postagens populares

SE PREPARE PARA ESPANTAR A CRISE

Quem somos

Minha foto
Este blog foi feito com muita dedicação para você torcedor apaixonado pelo Vitória. Aqui você vai poder curtir noticias,curiosidades,videos e ainda interagir sobre assuntos relevantes para o crescimento do nosso glorioso clube. façam parte da nossa turma, sejam bem vindos, pois nós todos somos "VITÒRIA MANIACOS"