Vitória vacila e perde pra Chapecoense dentro de casa

O primeiro jogo do Barradão às 11h no Campeonato Brasileiro não foi positivo para o Vitória. Neste domingo (19), o Rubro-negro perdeu para a Chapecoense por 2 a 1, em jogo válido pela nona rodada do certame nacional. Os gols do jogo foram marcados por Sérgio Manoel e Thiego para a Chapecoense, e Marinho, para o Vitória. Esta foi a primeira derrota do Leão em seu estádio na temporada.
Com o resultado, a equipe comandada por Vagner Mancini se manteve com nove pontos e caiu para a 15ª colocação. O Vitória volta a jogar na próxima quinta-feira (23), contra o Grêmio, em Porto Alegre.

O JOGO
Para a partida, o técnico Vagner Mancini promoveu uma única mudança. Willian Farias, suspenso, deu lugar ao volante Flávio, que ficou de fora da última partida em virtude de uma concussão sofrida no último domingo (12), contra o Botafogo.
Nos primeiros segundos de jogo, a Chapecoense levou um susto. Pressionado pelo ataque do Leão, o zagueiro Thiego recuou com força e quase trai o goleiro Danilo. Logo depois, o time de Santa Catarina subiu ao ataque. Silvinho avançou pela direita e rolou para Bruno Rangel, que, na entrada da área, chutou em cima da defesa.
Aos cinco minutos, o Vitória atacou com Dagoberto, que cruzou para a área e viu Josimar afastar o lance. Logo depois, Norberto tabelou com Dagoberto, levantou na área, mas ninguém completou.


Danilo faz grande defesa
Aos sete minutos, Diego Renan bateu falta frontal com força e obrigou o goleiro Danilo a mandar para escanteio. Na cobrança, o arqueiro ficou com a posse da bola. Seis minutos depois, Silvinho fez tabela, se infiltrou na área, rolou para o meio e a defesa do Leão tirou o perigo.
Com 18 minutos, Norberto levantou bola na área, Victor Ramos cabeceou sem muita força e o goleiro Danilo defendeu sem dificuldade. Dois minutos depois, pelo lado esquerdo, Dagoberto cruzou e o atacante Kieza passou da bola e não conseguiu a finalização.
Na sequência, aos 22, Lucas Gomes avançou em alta velocidade pelo lado esquerdo, cruzou na área e o goleiro Fernando Miguel defendeu em dois tempos. 
O Vitória teve outra chance em cobrança de falta aos 36 minutos. Dagoberto bateu sem força na bola, que rebateu na defesa da Chapecoense. Logo depois, Dagoberto recebeu passe na frente, se livrou da marcação, bateu colocado e a bola passou muito perto da meta defendida por Danilo.

Chances para os dois lados
Aos 43, Silvinho recebeu ótimo passe de Bruno Rangel e ficou de frente com Fernando Miguel. O atacante, no entanto, chutou por cima da meta. Logo depois, a resposta rubro-negra veio com Kieza, que invadiu a área adversária e finalizou prensado. Quatro minutos depois, Amaral chutou com força para boa defesa do goleiro Danilo.


Segundo tempo
O Vitória foi quem teve a primeira boa chance no segundo tempo da partida. Aos quatro minutos, Dagoberto limpou o lance e lancou para Kieza, Marcelo tirou e a bola ficou com Marinho, que chutou e acabou travado no chute. Um minuto depois, Dagoberto recebeu passe em profundidade na grande área, mas acabou tendo o chute cortado pela defesa.
Danilo salva a Chapecoense
O Vitória aproveitou um contra-ataque e quase abriu o placar. Marinho recebeu passe, usou a velocidade, se atrapalhou com a bola e chutou para boa defesa do goleiro do time catarinense.
Com pouca posse de bola, a Chapecoense chegou ao ataque aos nove minutos. Em velocidade, Silvinho avançou pela direita e cruzou para fácil defesa de Fernando Miguel.
Dagoberto perde grande chance
O torcedor do Vitória que foi até o Barradão lamentou muito o gol perdido pelo Leão aos 12. Após jogada pelo lado esquerdo, Kieza tocou para Dagoberto, que, na entrada da pequena área, completou ao lado da meta.
Marinho atinge o travessão
Aos 18 minutos, Marinho se antecipou aos defensores, recebeu uma longa cobrança de lateral e tocou de cabeça. A bola atingiu o travessão. Com 25, Alípio recebeu bola de Leandro Domingues e passou para Kieza. O camisa 9 levantou na área, mas nenhum rubro-negro completou.
Chapecoense abre o placar
Aos 27 minutos, o placar foi aberto no Barradão. Arthur Maia deu bom passe para Sérgio Manoel. Da esquerda, o lateral chutou com força e venceu o goleiro Fernando Miguel.
Marinho empata o jogo
O time catarinense não teve tempo de comemorar. Um minuto depois, Marinho recebeu passe de Leandro Domingues, evitou a marcação e chutou com muita força para o fundo das redes.
Logo depois, a Chapecoense perdeu uma ótima chance de voltar para a liderança do placar. Lucas Gomes avançou em muita velocidade no contra-ataque e ficou de frente para o gol. O jogador finalizou rasteito e Fernando Miguel defendeu aos 28 minutos.
Willian Thiego marca para a Chape
Aos 30 minutos, Arthur Maia levantou bola na área em cobrança de escanteio, a defesa do Vitória falhou e Willian Thiego cabeceou para o fundo do gol.
Aos 37, Marinho recebeu bola na grande área, ajeitou a bola, se livrou de um defensor e finalizou com desvio da defesa do time catarinense.

Com maior posse de bola nos últimos minutos, a Chapecoense ainda teve a chance de marcar o terceiro gol. Bruno Rangel recebeu passe na grande área, saiu da marcação e tocou por cima de Fernando Miguel. Caprichosamente, a bola foi para fora.

Vitória quase empata

Aos 46, Kieza recebeu cruzamento na grande área e cabeceou por cima do goleiro Danilo, que conseguiu voltar para evitar o gol com a ponta dos dedos.
FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro - 9ª rodada
Vitória x Chapecoense
Local: Barradão, em Salvador
Data: 19/06/2016
Horário: 11h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Auxiliares: José Eduardo Calza e Lucio Beiersdorf Flor (ambos do RS)
Cartões amarelos: Victor Ramos (Vitória) / Rafael Bastos, Cléber Santana (Chapecoense) 
Cartões vermelhos:
Gols: Marinho (Vitória) / Sérgio Manoel e Thiego (Chapecoense)
Vitória: Fernando Miguel; Norberto (Maicon Silva), Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Flávio (Leandro Domingues) e Tiago Real; Dagoberto (Alípio), Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini
Chapecoense: Danilo; Gimenez , Marcelo, Thiego e Sérgio Manoel; Josimar, Cléber Santana (Arthur Maia) e Moisés (Rafael Bastos); Lucas Gomes (Ananias), Silvinho e Bruno Rangel. Técnico: Guto Ferreira.

0 comentários:

PRA VC VIAJAR TRANQUILO

Postagens populares

SE PREPARE PARA ESPANTAR A CRISE

Quem somos

Minha foto
Este blog foi feito com muita dedicação para você torcedor apaixonado pelo Vitória. Aqui você vai poder curtir noticias,curiosidades,videos e ainda interagir sobre assuntos relevantes para o crescimento do nosso glorioso clube. façam parte da nossa turma, sejam bem vindos, pois nós todos somos "VITÒRIA MANIACOS"